terça-feira, dezembro 22, 2009 | By: Tweety

S. Pedro parte II

Ontem a minha aventura à noite foi sair de Ermesinde e chegar a Rio Tinto. Mal eu sabia que o corte de estrada com que nos deparamos tinha sido devido ao leito do rio Tinto ter transbordado e desalojado 15 famílias. Pelos vistos o rio Tinto ainda existe. E se isto não basta-se um aluimento de terras subterrou 1 carro ao mesmo tempo que cortava uma estrada e a cereja no topo do bolo, outro aluimento de terras na linha do Minho, uma das mais movimentadas do pais, ou seja, todos os comboios de hoje estiveram atrasados.

País - Inundação em Rio Tinto foi a maior dos últimos 30 anos - RTP Noticias, Vídeo

Ainda bem que hoje dormi até às 3 da tarde e não fui sair como tinha planeado. :)


S.Pedro

Mas o que será que se passa lá para cima!!! foi o sismo a meio da semana e agora uma tempestade que não lembra a ninguém !!!

Um shopping às escuras, um parque de estacionamento inundado, e se já não chega-se ruas cheias de carros inundados! Pois é verdade em Ermesinde esta bela cidade portuguesa, onde as “gaijas são bouas!!! são mesmo bouas” não estava uma nem duas rotundas alagadas… só o que eu vi estavam 3 alagadas, uma rua com água a cerca de 1,5 m e com carros lá no meio, uma estação de caminhos de ferro quase alagada, ruas que aluíram e o meu caminho para casa que demorou mais de uma hora.

Nem sei porque me surpreendo afinal estamos em Portugal.

cheias08_1

sábado, dezembro 19, 2009 | By: Tweety

Relatório Minoritário

Contexto: Sábado, viagem para casa, que é como quem diz directamente para o trabalho…

Local: comboio suburbano do Porto, estação de Aveiro

Espécimes: umas meninas quais quer com ar coquete, quase Kokai

Acto cometido: Falam alegremente do facto de “ Finalmente estamos de férias”

Resultado: um olhar de ódio a um grupo de estudantes, uma vontade enorme em estrangula-las a todas.

Obs: é impressionante como o facto de eu não ter férias, nem do trabalho nem da Universidade me tenha dado naquele momento uma vontade enorme de apertar aqueles “belos pescocinhos” . Isto porque devido ao avolumar de trabalho que tenho vou ter que ceder os meus planos para uma quadra descansada sem nada de relevante para fazer, por uma ida antecipada para Aveiro afim de trabalhar em 2 trabalhos para entregar na 1ª semana do ano. Todos estes factores tornam-me um homicida em potencia.

Conclusão: ENFIM um final do ano em que provavelmente não vou conseguir estar com os meus amigos que já não vejo à muito. A ver vamos.

 

bart homer

Quem me conhece sabe o que eu digo

2 já estão faltam 3!!!!

sexta-feira, dezembro 18, 2009 | By: Tweety

Será que é do sismo

Esta semana têm sido pródiga em coisas estranhas. Foi a apresentação do inicio da semana que na minha modesta opinião podia ter corrido melhor, ok o tema era Bioterrorismo, mas bem que as coisas podiam ter corrido um bocadinho melhor. Depois foi o Sismo que pelos vistos metade das pessoas sentiram e a outra metade nem acordou. E para finalizar eu consegui acabar o estudo de uma cadeira antes do exame e não pensar que precisava de mais um dia… bem a verdade é que até não fazia mal, mas a realidade é que eu não ia aguentar um dia inteiro a rever coisas que imaginem JÁ REVI uaauau, ou será AAUAAA—CA---UGUUUUU, humm UUUUUAU, e AUG ou AUU.

Bem cá para mim está para acontecer alguma coisa extraordinária???

rodin20thinker

Esperem já sei para a semana nasce um filho de uma Virgem deve ser isso!!!!

quinta-feira, dezembro 17, 2009 | By: Tweety

O dia em que a minha cama tremeu

E não é que ao fim de muito tempo a minha cama voltou a tremer…

mineral-point-bed-breakfasts

Sim e não foi pouco… foram quase 30 segundos sim QUASE…

o problema é que o epicentro foi a sudoeste do cabo de São Vicente mas de 6 de magnitude que se sentiu em quase todo o pais que tem o rabo sensível… o meu e o da Lis pelos vistos são já o da Diana, não me parece, mas também ouvi dizer que ontem andava na lua, quiça a cabeça também por lá andaria.

sismo

segunda-feira, dezembro 14, 2009 | By: Tweety

Final do ano mais comprido -Game plan-

Domingo 3 da manhã… mais um final de semana trabalhoso. E em que o cansaço acumulado já começa a pesar, a pesar demais. Até ao próximo ano conto pelos dedos da mão os dias em que vou ter descanso, a ideia de que talvez  desta vez tenha colocado a fasquia demasiado alta, começa me a passar pelas cabeça…

Pois… e agora, qual é a táctica quando o corpo começa a falhar?

Ter em mente o objectivo final, planear pequenos objectivos e pensar um trabalho, uma cadeira de cada vez… 

escalada21Uma já está faltam mais 4…

sábado, dezembro 05, 2009 | By: Tweety

How to save a life

 

 

Ultimamente não me têm saido muitas palavras. Não sei porquê deve ser da época Natal e Final do Ano.

Deve ser!!!

 

Bora lá para a frente que amanhã é dia de exame e a noite ainda vai jovem!!!

sexta-feira, novembro 13, 2009 | By: Tweety

!?!?!?

Acho que o meu Blog anda como a minha vida... parado e sem saber para que lado ir....




quarta-feira, outubro 28, 2009 | By: Tweety

Campanha da Zon



hehehehehe


Metafora da vida

A vida é tão delicada como uma flor, nasce, floresce e morre. Mas a verdade, é que antes de morrer pode ou não dar fruto, se der o seu destino cumpre-se, se não, morre e a sua beleza torna-se efémera, apenas uma recordação.

A vida é exactamente igual, todos nascemos todos temos oportunidade de florir, a diferença é que podemos ou não aproveitar a oportunidade de dar sentido ao nosso destino e ter coragem de o assumir. Porque tal como na árvore, mais vale ser fruto e  realizar mo nos, do que morrermos como uma flor que murcha e apenas deixa uma lembrança da beleza que já fomos.

Por isso, se me permitem um conselho, nunca deixem nada por fazer, nunca se arrependam do que não fizeram e sobre tudo cuidem da flor que são para um dia se tornar o fruto de vós. Não pensem que apenas por ser flor o seu destino se irá cumprir, nunca o tomem a vossa vida como garantida.

não sei o que é pior arrependimento do que não fizemos, se falta de coragem em assumir o que queremos fazer!?!?
Se é querer e não fazer...


terça-feira, outubro 27, 2009 | By: Tweety

Dia de cão

São exactamente 3 da manhã e após 2 viagens para o Porto um dia de aulas com 4 horas de sono e eu ainda a estudar para amanhã ter uma aula prática de manhã e depois à tarde ainda ter cabeça para discutir pormenores sobre outro trabalho para a Tese de mestrado...


Dias destes quero poucos, obrigado !!!!

 

segunda-feira, outubro 26, 2009 | By: Tweety

Biojornadas

Sem saber o que dizer, sem saber o que fazer, com uma pilha de nervos e o sistema imunitário na mó de baixo, que é como quem diz com um Herpes simplex a atacar me os lábios e um vírus do tipo influenza a dar cabo do resto do corpo, há quem diga que foi só nervoseira, mas eu cá para mim foram estes 2 sacanas!!!! Mas lá fui eu para a UTAD, no 1º dia para ouvir a minha nova chefe logo às 10 horas, e a parte da tarde para dar os últimos retoques na minha apresentação, que é como quem diz acaba-la...

Posto isto foi só discuti-la com o Prof. afinar umas coisas e treina-la... quem assistiu à primeira tentativa foi a Sarita lá para a meia-noite, e foi algo que, diga-se de passagem, não correu particularmente bem... após isto uma ida ao piloledo e umas águas das pedras para mim e um chá verde para a Sarita, e lá vou eu novamente tentar melhorar a apresentação...

E o resto é história... a Sarita foi a primeira a apresentar, e diga-se de passagem que foi muito melhor do que eu... de seguida fui eu, atirado sozinho aos lobos ainda bem que não estava lá o prof. Dario e logo de seguida o César o "Paquistanês" que também esteve muito bem...

O resto foi passando, uma soneca de meia hora antes de ouvir dizer que havia um animal que fazia fotossíntese e lá para o final do Dia......veio a surpresa....



Só me apraz  dizer que sem saber como recebi o prémio para a melhor comunicação oral nas Biojornadas da UTAD, em ex equo com o Luís... Depois disto acho que só aterrei em mim na sexta-feira à noite quando a minha mãe queria pendurar o cheque na parede...





terça-feira, outubro 20, 2009 | By: Tweety

De Volta à Bila

E aqui estou eu a caminho da Bila. Desta não para estudar, não para conViver, mas para apresentar o meu trabalho nas 2ª Biojornadas da UTAD. E por incrível que pareça, estou a tremer que nem varas verdes. Não percebo, eu que adoro aquele circo, eu que gosto de ir apresentar, logo eu a tremer!?!?!
O que será que se passa? será pelo facto de voltar à Bila? será por ir fazer uma comunicação oral ? Será por ainda não ter feito a apresentação e as jornadas serem já amanhã???


Hummmm não sei, mas burro velho não aprende linguas!!!
 não sei se rie se chore LOL :')

PS: estou mesmo nervoso é impressionante!!!!


segunda-feira, outubro 12, 2009 | By: Tweety

Enfim

Com tanto para dizer e sem a minima pachorra para escrever, é como me sinto neste momento. Qual nuvem que paira em céu azul, falta-me a vontade visceral de desabafar, simplesmente falar. A verdade é que me sinto em standby, à espera da próxima encruzilhada. Até lá, apenas existo em mim, sobrevivo.
quinta-feira, outubro 01, 2009 | By: Tweety

!"#$%&/&%$#

Como é que uma máquina que me não me fazia falta nenhuma à uns tempos atrás me faz tanta falta hoje em dia...


volta estás perdoado :(((

terça-feira, setembro 15, 2009 | By: Tweety

No Comments

preguica1

Acho que dá para perceber a ideia geral !!!

A lei do ócio

Quanto menos faço, menos quero fazer… Até já me irrito a mim próprio, preguiça  a 1000%. isto de se estar por casa sem nada para fazer, ou melhor, nem fazer nada, torna-se num ciclo vicioso. primeiro só me levantava tarde, depois comecei a ir dormir mais tarde, agora atenho os sonos alterados, adormeço de dia, não tenho vontade de fazer nada, enfim… PRECISO DE ME MEXER….

cachorro-preguicoso

domingo, setembro 13, 2009 | By: Tweety

A enésima Via

E aqui está mais uma texto perdido no tempo. Foi escrito na primeira semana que estive em Vila Real, fala da enésima vez que eu deixei o meu cartão MB imagine-se na caixa automática… diga-se em abono da verdade que até Junho de 2009 não lhe voltei por a vista em cima por mais de uma semana, já perdi a conta ao nº de vezes que já pedi 2ª vias. E em que concorri a uma Bolsa da FCT, que aliás ganhei e que aliás ainda não vi a cor do dinheiro, parece que alguém se esqueceu de mandar um papel um sei para onde, enfim… UTAD no seu melhor, ainda bem que já mudei, espero que para melhor… 

Credit-cards

“E acabou Agosto... acho que já tinha dito isto algures... mas infelizmente Agosto acabou... e o trabalho começou... ou vai começando...ou está para começar...


Ora bem, quando se passam 30 dias em uma cidade em que os serviços funcionam, há transportes resolves os teus problemas, eis que chegas à Bila e encontras o status quo, palavra gira para dizer sistema ( dario et al 2008 in darinho quase no lab). E chegamos à real Bila e pronto... filas....filas.... e bem, “espere não é aqui, tem que ir ao seu banco pedir uma carta a dizer que este cartão é seu”...5 min a pé .... 1 hora à espera..... pronto… “eu passo lhe a declaração mas olhe já não vale a pena é que o seu cartão está lá direitinho MAS como só passaram umas horinhas e nós somos extremamente eficientes já lhe o substituímos... a eficiência é só € 5,50 e agora é só esperar pela próxima semana, e ele chega-lhe a casa… ao Porto.....Ora bem... e se precisa de dinheiro temos todo o gosto em lhe fazer o levantamento ao balcão só tem que pagar € 3 para lhe dar-mos o que é seu”...... 1ª semana em VR. Mas diga-se em abono da verdade isto também me acontecia no Porto, mas lá era uma chatice... aqui é pituresco... faz parte.... Ora vejam… mais, aqui o expert em proteomica quantitativa, quer concorrer a uma bolsa da Fundação Ciência e Tecnologia para novos investigadores que ainda não investigam nada e que só sabem é lavar a louça... coisa básica como já sabem... Ora bem vamos lá procurar as bolsas a que nos podemos candidatar, descarregar os impressos e ler as instruções e deve ser fácil - "preencher o ficheiro em PDF e enviar por email e por carta registada" ora bem coisa fácil.... escrever em PDF é uma coisa que todos nós sabemos não é!!! ...vamos lá… hum nome...morada...nif (nº contribuinte)... estágio que pretende... normal... nome outra vez...morada outra vez.... e mail 1ª vez..... nome novamente .... morada novamente... morada de correspondência que de certeza não é uma das anteriores. pronto já está só passou uma tarde… coisa pouca, agora é só mandar por e-mail  e por carta registada, deve ser para terem a certeza que não perdem a candidatura… ou não a usam para coisas piores, enfim eis-me na Bila do rei Panóias”

17 de Setembro de 2008

PS: Lembrei-me agora deixei o cartão na caixa multibanco porque tinha ido carregar o meu novíssimo nº 91 pela primeira vez, porque tinha nessa semana perdido o cartão que a minha irmã me tinha arranjado da vodafone e não me apetecia esperar por uma 2ª Via do cartão…

sábado, setembro 12, 2009 | By: Tweety

Agosto

Não sei se Agosto foi um mês de desilusão, ou da confirmação de que temos de perseguir os nossos sonhos com toda a força para que eles se realizem. Ainda estou para saber…

Augusto

Espero ter aprendido com os erros

quarta-feira, setembro 09, 2009 | By: Tweety

Esqueci-me

n te esqueças.....deixando pendurado e enredado em teias toda a ilusão, envenenando a pouco e pouco toda a essência do q em tempos foi belo e ideal... O ser não de desvanece, apenas deixa de sonhar!

Sim esqueci-me Saphyriel, esqueci-me que não devemos tomar o mundo como garantido, Esqueci-me.

Acre da Alma

Criatura Negra que me habita

Criança maldita

onde te sentes.

Quem És ?

Vejo-te no mar espelhado a brandir aos céus.

Com palavras rogadas,

fazes-Te de Juiz e de Réu,

advogado em causa própria,

Mas não justa.

Quem És?

Olho-te nos olhos e não te vejo,

tento Te tocar, mas és frio !

Frio, como a lamina da espada espelhada.

Pergunto –te quem sois, que Queres?

Sou o azedo da Alma dos Homens,

Sombra espectral do que não foi,

presente de quem É.

Sou o Acre da Alma.

= TAP =

 

segunda-feira, setembro 07, 2009 | By: Tweety

FDS

É incrível como mesmo já não estudando, ou melhor estando sem estudar, continuo a não conseguir escrever nada no fim de semana. Acho que tenho que continuar estudante se quero manter o blog, é que se trabalhando 3 dias por semana, nem tempo tenho para escrever, nem quero saber quando começar a trabalhar a sério.

quinta-feira, setembro 03, 2009 | By: Tweety

Música do Dia

Sempre que me sinto um bocado mais em baixo lembro me desta música, e lembro-me que o importante é no final não nos arrependermos e não cantarmos esta canção.

 

Neste momento devo estar na entrevista final para um novo emprego, espero vir de lá a cantar outra canção :)

E se não pudesses tocar no amor da tua vida

Bem parece que este vai ser mais um post lamechas, ou não.

A verdade é que estou apaixonado por uma serie que descobri à pouquíssimo tempo na RTP2, Pushing daisies, no ano passado foi a vez do what about Brian, uma serie que falava de um jovem com problemas de compromisso derivado de estar apaixonado pela namorada do melhor amigo, e era ver o corrupio de namoradas e desculpas que ele arranjava para nunca estar comprometido com nenhuma, para culminar numa tensão enorme ao saber que a mulher que ama também o ama, mas infelizmente já estava de casamento marcado, será que ela tem coragem para assumir o que sente, ou fica-se pelo que tem que ser? pois vão ver que é melhor..

Este ano foi a vez do Pushing daisies, uma história sobre um Piemaker (pasteleiro) que tem a capacidade de com um toque trazer os mortos à vida mas se lhes tocar outra vez volta a colocar-os no estado em que estavam. E é nesta premissa que ele encontra o seu amor de infância morto, e não resiste a tocar nela fazendo a tornar à vida, e assim cria se toda a mecânica da história. Ele apaixonado por ela e não a consegue voltar a “matar” ela percebe que ele a ama e também se apaixona. E vivem assim, um amor sem a possibilidade de algum dia se tocarem, apenas partilham a existência um do outro.

No fundo é um principio bonito, ver duas pessoas a desenvolver uma paixão sem poderem se tocar , mas desejando-o, é o abdicar de tudo por algo que embora não seja completo é mais do que perfeito.

Aconselho vos a ver…

pois porque será…

Viver em pecado #2

Para que não pequem ao não agir, ou se preferirem para que não ajam com indiferença e não vivam em pecado

“Perante cada coisa o que o sonhador deve procurar sentir é a nítida indiferença que ela, no que coisa, lhe causa.(…)

Para não descermos aos nossos próprios olhos, basta que nos habituemos a não ter nem ambições, nem paixões, nem desejos, nem esperanças, nem impulsos, nem desassossego. Para conseguir isto lembremo-nos sempre que estamos sempre em presença nossa, que nunca estamos sós, para que possamos estar à vontade. E assim dominaremos o ter paixões e ambições, porque paixões e ambições são desescuidarmo-nos; não teremos desejos nem esperanças, porque desejos e esperanças são gestos baixos e deselegantes; nem teremos impulsos e desassossegos porque a precipitação é uma indelicadeza para com os olhos dos outros, e a impaciência é sempre uma grosseria. (…)

Saber encontrar a cada sensação o modo sereno de ela se realizar. Fazer o amor resumir-se apenas a uma sombra de ser sonho de amor, pálido e trémulo intervalo entre os cimos de duas pequenas ondas onde o luar bate. Tornar o desejo uma coisa inútil e inofensiva, no como que sorriso delicado da alma a sós consigo própria; fazer dela uma coisa que nunca pense em realizar-se nem em dizer-se. Ao ódio adormecê-lo como a uma serpente prisioneira, e dizer ao medo que dos seus gestos guarde apenas a agonia no olhar, e no olhar da nossa alma, única atitude compatível com ser estética.”

Fernando Pessoa no Livro do Desassossego

“O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença.“

Li isto algures, e parece que falava para mim alguém sente o mesmo que eu,

é a frieza de uma mensagem, é a falta de resposta é a INDIFERENÇA

ao dizer-se que não se pode estar porque que se está ocupado.

Simplesmente não agir com convicção e deixar passar porque não interessa.

Finalmente percebeste o que eu sinto desse lado.

Viver em Pecado

Como muitas vezes na nossa vida aprendemos lições importantíssimas das pessoas mais comuns e dos gestos mais simples. Desta vez apareceu me pela TV em resposta à leve reprovação sobre o seu estado matrimonial esta mulher responde à pergunta que era sugerida pelo seu interlocutor, “sim tenho uma filha e não estou casada. Será que vivo em pecado? Para mim viver em pecado é agir sem convicção, e isso eu não faço.”

E daqui surge a minha dúvida, será que vivo em pecado. E vocês vivem em pecado?

Aqui está algo em que pensar, sou honesto não vivo em pecado, mas peco por vezes. sim não sou perfeito, muitas vezes vou trabalhar não por gosto mas porque têm que ser, muita vezes faço certas coisas porque tenho que as fazer, quantas vezes estudei só porque tinha que o fazer, e não porque gostava do que estudava. Mas nunca fiquei com ninguém, porque tinha de ser, nunca pequei com um amigo, nunca fui indiferente com alguém que procurava a minha ajuda. Nunca deixei de falar com alguém só porque tinha medo de lhe dizer algo, acima de tudo nunca trai um amigo por nada deste mundo. Mas mesmo assim sei que há pessoas que pensam o contrario de mim. A culpa é minha muitas vezes pareço distante, muitas vezes pareço distraído, mas nunca estou indiferente. Já o contrario e na mesma perspectiva, é também muito verdade, muitos pessoas já me pareceram uma ou outra vez indiferentes comigo, distantes, frios, aparentemente escondiam algo e definitivamente não queriam falar comigo.

Portanto, se vivo em pecado?! Por vezes até posso pecar, mas sempre que ajo, faço o com convicção. Não tento chegar a alguém só para parecer bem, e sem qualquer intenção de lhe tocar. Se sei que alguém precisa da minha ajuda não me vou preocupar com os meus problemas (por muito grandes que o sejam) e vou imediatamente ajudar, porque apenas espero que quando for ao contrário eles me saibam retribuir. Enfim quando se quer saber se A, B ou C estão bem, dirijo me a eles não fico pelo caminho, nem crio barreiras fictícias, só porque ajo sem convicção. Porque viver sem convicção é que é viver em pecado.

 

Com isto resta me dizer, sempre que um Amigo colocar um post a sentir se sozinho não precisa de esperar muito por um telefonema meu, se alguém vai para fora ou está à espera de novidades quanto a algo, não lhe vou mandar um sms ligo-lhe para lhe dizer que estou com ele, se penso que estás aborrecido ou chateado comigo LIGO-TE, não ajo sem convicção, não tenho medo do que sinto nem tenho medo dos meus actos, pois ambos são sempre feitos com convicção, e não me envergonho de por vezes pecar, porque errar apenas demonstra que sou Humano e se ajo com convicção é porque quero viver com alegria e de bem comigo próprio.

O Bom, O velho e a Rodonorte

E para comemorar a junção dos meus dois Blogs, já que o tweety não anda pelo laboratório e precisa de um pouso para expandir os seus pensamentos mais negros ou coloridos, sei lá, o meu alter-ego é tão apaneleirado que o meu EU até estranha, e a juntar ao meu super-ego ineficiente, à dias em que juro só sai asneira da minha boca (quem me conhece sabe como é). Mas continuando para comemorar esta ocasião resolvi recuperar uns rascunhos que estavam perdidos no blog do laboratório.

Assim façamos o suponhamos, rezava o ano de 2008 o mês de Agosto estava acabar e eu tinha o meu sarcasmo a 98%, ou algo parecido não me lembro, embarco na camioneta da Rodonorte e a minha escrita mais ou menos criativa começa a funcionar.


“ Transportes... coisa gira, estou a ir para Vila Real, como todo o estudante dedicado, pela Rodonorte, e sinto me impelido a falar de transportes, deve ter alguma coisa com o jogo que a Ghafa me obrigou a sacar para ela só pode....
Mas a verdade é esta, o dia não está a correr bem, e como normal eu ponho me a pensar nas coisas todas à minha volta, a pensar no que está mal....
Começa pelo São Pedro, andou a dormir e parece que agora acordou e quer recuperar o tempo perdido.... nem sei se chove se faz sol, está o verdadeiro tempo de estágio em micro (para quem não percebeu, pegue no pedaço de excremento animal, dissolva com água destilada passe por um filtro deixe secar e puff temos estágio em micro, até parece poesia!!!!!) ainda para mais adormeci e aventurei-me na Segurança Social, mas que longa metragem... por € 3,5 tinha ido ao cinema e vindo que ainda não tinha passado a minha vez... 2 horas na fila... 3 min lá dentro só porque preciso de um carimbo... com os impostos que pagamos devia dar para dar a alguém só para por carimbos, sei lá!!!, alguém com 12º ano que não tenha nada que fazer... não me lembro de ninguém assim de repente que não esteja com o rendimento mínimo... A única coisa que me ocorre é pelos visto não é só na Bila que as filas fazem falta.... ( diga-se de passagem que a bila ainda é o único lugar do país em que eu tive que ficar na fila para ir ao WC !!!! pois e ainda há quem se espante de haver pessoas a apanhar doenças esquisitas no WC.... hemorróidas e "vírus" do género) .
E eis me no autocarro a escrever esta ladainha, que nada tem a ver com o estágio... pensam vocês, porque no fundo no fundo faz. Estou a aumentar o stress... para ter alguma coisa para fazer logo...
Sim porque andar na Rodonorte muda uma pessoa... pelo menos ficamos a saber que as velhotas sabem mais que miúdos de 20 e poucos, ora vejam, ao domingo em que os viajantes são maioritariamente, malta estudante, vinte e poucos, ninguém pergunta pelo lugar, e onde é e coisas assim. Já à semana, é por demais... só vejo beilhotas a perguntar onde é este lugar, a dizer que estou no sitio errado, etc... alguém me explica o porque disto !!!! só pode porque a malta de 20 anos não sabe ler.... isso somado à vontade intrínseca dos velhotes terem números, gera uma imensa vontade de estrangular estas pessoas. Já os estou a ver a morrer a chegar à campa e a dizer ao sr. morto que lá está; “desculpe Sr. mas este talhão é meu!!! eu até nem me importo de me deitar noutro lado para os bichos me comerem, mas a verdade é que o Sr coveiro deu me um papelinho e aqui diz que este lugar é meu. Importa-se de sair
. ”

8 de Setembro de 2008

Só para tirar algumas duvidas o estágio que falava é o mesmo que entreguei em Julho de 2009, a cena das velhotas ainda me preocupa e é apenas agravada no mês de Agosto pela chegado dos avec’s descobri eu este ano, o jogo de pc é dos poucos que eu tenho instalado no meu PC e que dura e dura e dura, e finalmente a fila da segurança social, definitivamente ainda não melhorou.

quarta-feira, setembro 02, 2009 | By: Tweety

I’m Back

Este é muito provavelmente o post mais complicado que tive que escrever. Se querem saber, há já algum tempo que pretendia voltar, ainda ontem mudei o template, mas sempre que olhava para esta página em branco ficava sem saber o que escrever, sem saber para onde vão os meus pensamentos, sem saber se quero que os meus pensamentos fluam como antes faziam, afinal tinha medo. Medo de começar. Tinha não, tenho, pois é o que sinto neste mesmo momento.

Muito se passou desde que interrompi o meu caudal de sentimentos neste sitio. O tweety virou Biólogo, arrisquei no meu futuro e sonhei, fui um dos fundadores da Brigada do Enconanço, viajei vi novas pessoas, novas experiências enfim fugi sempre que pude da minha realidade, para embarcar em sonhos ou não pensar neles.

Não pretendo renovar o blog, mudar nada porque isso implicaria mudar me a mim próprio, não quero fazer nada de especial, quero apenas ser eu próprio…

Tweety back

Apenas quero dizer que estou de Volta

quarta-feira, julho 22, 2009 | By: Tweety

Pit Stop

Preciso de uma paragem para desabafar.

  Neste momento cheguei à 12ª Hora consecutiva a estudar, hoje só para parei para almoçar e jantar, e mesmo assim foi com o PC ligado à minha frente para ir vendo umas coisas.

Para quem não sabe, estou a 48 horas do meu último exame da licenciatura, está tudo acabado, só me falta uma cadeira. Cadeira que eu nunca lá pus os pés com cabeça, uma cadeira do 1º ano que me persegue à já 5 anos, e eu vou ter uma tentativa para a acabar, apenas uma se não, nada feito fico com mais um ano perdido da minha vida, nem sei o que será de mim.

A pressão começa a subir, o reparar que teria bastado um pequeno esforço ao longo do semestre e já me tinha visto livre desta coisa, sim porque o “Bicho  de 7 cabeças” começa a parecer um cãozito que apenas é um bocadinho rebelde, mas se tivermos calma e paciência é um animal fácil de domar. pena só me ter apercebido disto neste últimos dias, o que eu fazia por mais um dia ou dois, ai o que eu fazia.

 mergulho

Enfim, e o pior de isto não é a pressão do exame, não é perder um ano, o pior é que estou a ultrapassar isto sozinho, completamente sozinho, sei que os meus amigos dão me toda a força que podem, sei que não me abandonam, mas não é essa força que eu preciso… sinto me simplesmente abandonado.

 

 

Sinto me só no meu da multidão

tocou o telemóvel tenho a primeira mensagem do dia todo, será que este sentimento termina ?

segunda-feira, julho 20, 2009 | By: Tweety

Desabafo…

Às vezes as coincidências são de mais… já um dia tinha falado disto (tweety sem asas), mas desta vez a inspiração veio-me parar ao e-mail e me fez voltar a pensar e a lembrar o que uma pequena coisa pode levar a algo desproporcionalmente grande…

Teoria do caos, tudo está ligado, um pequeno gesto hoje, uma pequena mudança amanhã, tudo isto gera uma imensa cadeia que pode levar a um grande desastre.

Será que volto a escrever? Não sei, senti vontade, tinha saudades, precisava de desabafar.

sexta-feira, julho 03, 2009 | By: Tweety

I Wope

back_soon

Momento a sós…

Quando as coisas que mais gostamos nos começam a ferir de morte, quando vivemos angustiado sem vontade de sequer respirar, chega o tempo de pararmos  o meu coração já não aguenta pensar nas razões que levaram a isto pensar no que a nossa vida nos pede, no que é melhor para nós…

Neste momento sinto uma má pessoa, horrível e viciosa, sem rumo, desabrigado e inebriado pela inércia do movimento aparente.

Preciso de parar, parar com tudo o que me define e por isso vou, vou indo, vou desaparecer deste cantinho da minha mente, tão obscuro quanto iluminado vou me procurar, tenho que me encontrar.

Não é um adeus é um até à próxima e espero conseguir voltar.

O meu ultimo post tem apenas um destinatário espero que um dia me compreendas espero um dia te compreender, aquele foi o meu último recado neste canto para ti… só posso pedir desculpa por ter sido a causa de muita coisa, de te buscar do teu canto e mostrar que é possível sonhar, de ser teimoso de te amar de ter a certeza que és tu…

 

 

Este texto desaparece no éter..

 

caminho-de-pincel

"Porque será que tenho tanto medo de ser EU a controlar a minha vida?"

Porque aí percebes que tudo depende de ti. Porque não podes atirar as culpas a outra pessoa, nem dizer que correu mal porque o outro errou. Na realidade controlamos pouco ou nada nesta vida. O controlo não passa de uma ilusão.

Basta não ter medo de afirmar e realizar as NOSSAS vontades.

Palavras difíceis

Já não me reconheço, já nem penso apenas reajo. É uma torrente incansável de actos reflexo, que nada mais demonstram se não, que eu tenho muita bagagem acumulada, de quem estou preso por um fio a uma certeza a uma simples esperança, por muito distante que seja, preciso de saber…

Não sei se sou justo, não sei se fiz bem, simplesmente não sei. Apenas não me aguento assim, não consigo construir!

Preciso de ver para onde me dirijo, sinto que já não controlo os meus actos, são todos condicionados por factores externos, não me revejo neles, não sou Eu…preciso de olhar para mim, por mim, por nós!!! 

Não quero nem permito que seja eu a nos auto destruir, não, não quero pensar nisso sequer.

 

desespero

Nunca pensei que este momento chega-se, é incrível como no mesmo momento em que as disse me imediatamente arrependi.

 

- A minha vida está numa encruzilhada em que os sinais não me indicam por onde devo seguir

- quando não sabes para onde ir, segue o teu coração!! - diria eu -

- Mas como posso fazer isso ??? porque o destino não me mostra o caminho !!! estou perdido!!

 

Porquê a vida é tão injusta, mostra-me a felicidade e insistir que eu não devo, que não podemos, que não sabe, que não me dá a certeza de que vamos estar juntos. E insiste em me por a prova ?!?!

Porquê fazes isso comigo, não sentes que estou desesperado não sei para onde ir… preciso de uma mão… eu estou sem esperança, sim tu meu destino tiras-te-ma.

Não me aguento, só me apetece continuar a chorar, não me desiludas…

quinta-feira, julho 02, 2009 | By: Tweety

Post “porque eu tenho um poster ou dois”

E como testemunho do meu desaparecimento in/voluntário, em que andei a trabalhar, uns dias, a moinar nos outros, aqui vos deixo a prova da minha passagem por Coimbra no workshop de toxicologia do CNC.

Eu com os poster da nossa equipa

 CBR_ICT2009 (324)

Toda a equipa de 2009 de Vila Real

CBR_ICT2009 (216) CBR_ICT2009 (14)

Eu e o pessoal de Coimbra

CBR_ICT2009 (326)

Respiro, para….

mergulho

Voltar a mergulhar…

no

trabalho

!!!!

À Bila #2 – Vida académica

Vou ter muitas saudades desta vida…

P02-07-09_11.27

Até na cantina apanhamos pielas baratas

quarta-feira, julho 01, 2009 | By: Tweety

work



work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,
work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,
work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,
work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,
Respirooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo,
work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,
work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,
work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,
work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,work,






terça-feira, junho 30, 2009 | By: Tweety

Deadline

Não é defeito é feitio …

É incrivel, com apenas 4 horas de sono no último dia para entregar o meu relatório para correcção ainda tenho tempo para escrever no blog

Deixo mesmo sempre tudo para a última, já não me suporto a mim mesmo…

 

deadline1

Apetece-me matar o gajo ou a gaja que passou à pouco (2:30 AM) a correr com umas socas mesmo à minha janela

segunda-feira, junho 29, 2009 | By: Tweety

À Bila #1 -Pequenos prazeres

Pequenos prazeres, são aqueles pequenos acontecimentos, que pela sua simplicidade e pelo prazer supremo que nos proporcionam, tornam o nosso dia um pouco melhor. Fazem já parte da nossa rotina diária e neste momento viver sem eles é deveras entristecedor.

 

P29-06-09_14.48

O café e a queijada no Geo

Mais que um vício, é um verdadeiro prazer, o café depois do almoço acompanhado pela queijada com canela…o meu dia não está completo sem este ritual… o café não é nada de especial, mas a queijada é divinal. Sem dúvida é uma das coisas que eu vou sentir mais falta da Bila.

Constatações #3

Defeitos, todos nós os temos é verdade e temos que conseguir lidar com eles, e se possível melhorar, para nos melhorarmos a nós mesmos. Eu pessoalmente tenho alguns bem vincados na minha personalidade, fazem de mim a pessoa que sou e por vezes é muito difícil conviver com eles, mas mesmo assim ainda há a possibilidade de me emendar.

Mas e aqueles atributos pessoais que eu não posso mudar?!?

tom-holmes tom

Pois é, ontem (e não me perguntem como) constatei que não tenho uma estatura média, nem média baixa. Eu sou BAIXOTE, sim qual Tom Cruise com sua Katie ou a ex Nicole, cheguei à conclusão que tenho um predilecção especial por mulheres altas …

Sim assim como o meu amigo Tom eu sou baixote, é claro que chego às prateleiras de cima do supermercado, com mais ou menos esforço :P,  aliás sou mais alto que o Marques Mendes e muito provavelmente do que o Fernando Mendes (em altura :P). Sempre cheguei onde quis, e ter a minha estatura até se chega melhor a certas coisas, (à prateleira de baixo do supermercado, é claro). Mas é verdade que em certas ocasiões o facto da ela ter 1,70 m não abona muito a meu favor, pois é !!! ainda bem que calço 40, assim sempre ganho uns 10 cm quando estou em bicos de pés :P

Definitivamente Sou Baixote e agora ??? Bem, só me resta ir rever toda a minha colecção de calçado !!!

 

Digam lá que não estive bem com esta minha comparação com o Tom

:P

Que raiva !!!

Há uns vinte anos quando se queria falar com alguém ou íamos a casa dele, ou íamos a nossa casa e telefonávamos lhe, e isto se ele morasse muito longe, porque se não ,íamos mesmo a pé porque a chamada ficava muito cara. Depois quando atendíamos o telefone dizíamos:  “ estou sim? “;” Quem fala”; e respondíamos sempre “olá eu sou o XXX, como estás” . Já para não falar que se querias conversar com a namorada a Mãe o Pai que estão longe ou mesmo só para combinar qualquer coisa telefonávamos à noite, porque era a essa hora que as pessoas se encontravam em casa.

Hoje em dia é a febre das comunicações, todos temos um telemóvel e é SMS e mms e chamadas a toda a hora e temos que ter uma disponibilidade 24 horas sobre 24 horas. É que nem pensar em ir a casa de ninguém para saber se está lá, dás um toque ou uma SMS, até as próprias conversas são diferentes, já não atendes e dizes “ olá XXX, estás boa ?”,  o “estás Boa“ foi substituído pelo categórico  “onde estás?? ”, sim porque agora andares sem o teu telemóvel é pecado, e isto inclui estar com ele em silêncio, deixa-lo pousado ou qualquer coisas semelhante, telemóvel é para estar à mão.

Pois sim, e é nesta sociedade que vivemos e em que eu me sinto um excluído, Sim, porque o meu telemóvel está a 120 km de mim buaaaaa….

Tenho saudades tuas, preciso de ti!!!!!

lg-kt520-00

 

Volta para mim, estás perdoado não me importo nunca mais que percas a bateria ao final de 3 horas de conversa!!!

domingo, junho 28, 2009 | By: Tweety

Miss you too

podes acreditar que conto todos os minutos que faltam para voltar a estar contigo.

 

forever 

Miss you too

Lembras-te #5

Este momento de puro prazer…

 

Jardins do Palacio de Cristal (26)-Torre

Lembras-te #4

Não foi pelo dia, que pelos vistos até estava de chuva, não foi o teres estado comigo depois de tanta coisa, não foi o/s presente/s que me trouxeste, foi aquele beijo naquela mesa ali ao fundo, aquele momento que nunca mais acabou, foi aquele formigueiro de ter a certeza, foi a sensação de sermos um só naquele momento.

Gomes

quero repeti-lo até ao final da minha vida

Senses à flor da pele

Bem já tinha falado de algo semelhante, da sensação que nos transporta para outro sitio, aquele som, aquele perfume … Muitas vezes o que nos marca de uma pessoa, ou de um momento é aquela pormenor que é delicioso sentir vezes sem conta que nos enviam para um passado que vale a pena ser vivido.

Embora esta sensação seja muito boa também há o reverso da medalha, que é o som, o barulho ou o cheiro que nos desperta automaticamente sensações de extremo desagrado, e insatisfação. São marcas no nosso subconsciente que nos despertam sentimentos de repulsa. Sei que não é de propósito, mas há coisas que são incríveis. Uma delas é o caso desta canção, a mim pessoalmente não me diz nada, não gosto nem desgosto mas o problema é que se calhar apareceu na minha vida em circunstancias menos boa, não sei o porquê, mas a verdade é que simplesmente abomino esta música, o refrão simplesmente irrita-me.

 

Adoro a nova musica, porque eu sou um afortunado

sábado, junho 27, 2009 | By: Tweety

Lembras-te #3

O mês era mais frio, o dia estava escuro, a nossa vida estava muito difícil, mas a saudade matava…

 

Palacio de cristal

Reencontro

Simplesmente um sonho

Lembras-te #2

Tardes de cumplicidade, passeios sem fim, conversas sem destino com surpresas em cada esquina, toques in/voluntários, vontades reprimidas com sentimentos a ferver, são pequenas peças de um sonho tornado realidade.

 

Barco rabelo 

A ponte, o rio…

Lembras-te #1

Quando a vida não está fácil, quando pensas em tudo e em mais alguma coisa e te tentas agarrar a ti mesmo para não caíres, são pequenos momentos que te aquecem o coração.

Casa de Serralves-Jardins- (12)

Eu nunca mais esquecerei

Porra para mim…

Para além de ser um aluado de primeira e me esquecer de tudo e mais alguma coisa, de deixar tudo para a ultima e depois acontecer sempre deixar alguma coisa para trás…

 

Duh

Desta vez, sou obrigado a ficar um fim de semana sem telemóvel porque o deixei no carro da Sarita.

Um grande calo de urso para mim mesmo. Duhhh

quarta-feira, junho 24, 2009 | By: Tweety

É S.João e eu na terra do Rei Panóias

É verdade, já é o 5º ano consecutivo que eu não ponho os pés no arraial do S.João no Porto, é que o facto do dia do Santo ser em época de exames não ajuda nada, é que há sempre alguma coisa para se fazer.

E foi assim que com uma lágrima no canto do olho, que o grupo de sempre mais umas aquisições foram para o arraial de S.João na Bila. Que como tudo indica é muito parecido com do Porto, ou seja pessoas na rua a comer sardinha assada e tudo o que se possa por nas brasas. Balões de S.João, martelos, Bêbados e outros que tal.

Foram-se as sardinhas ficam as recordações (ps: sardinhas nem vê las).

PANORAMICA DA RUA DIREITA

P23-06-09_20.47 P23-06-09_20.47[01] 

O HOMEM DO BALÃO

 P23-06-09_22.35[01] P23-06-09_22.43   P23-06-09_22.50 P23-06-09_22.43[02] P23-06-09_22.44

O QUE NÃO PODIA FALTAR

P23-06-09_23.13

era mau e vinha frio mas pronto

QUALQUER SEMELHANÇA COM A REALIDADE É PURA COINCIDÊNCIA

Sao Joao porto

Related Posts with Thumbnails
Site Meter